Publicidade

Garota de 8 anos foi espancada, estuprada e morta

Luz Divina-deCom sinais de espancamento além do estupro Geovana Maria de Oliveira Ribeiro de 8 anos de idade foi encontrada em uma casa em construção no Bairro Santo Expedito.

Tudo aconteceu no final da tarde deste domingo (04) na cidade de Ibitinga, a Polícia Militar e Civil informa que o fato está sendo investigado.

Claudia Maria Gregorio de Oliveira, 36 anos, mãe da menina estava em casa quando foi avisada por um pintor de 40 anos de que a filha tinha sido atropelada.

Ela correu até o local e encontrou Geovana caída e desacordada, mas não na rua e sim em uma casa em construção.

Um rapaz de 43 anos, foi ouvido como testemunha e declarou à polícia que estava na esquina e também foi avisado do fato pelo pintor.

A mãe encontrou a filha com a cabeça sangrando e com a roupa despida. Geovana foi socorrida por uma equipe do Corpo de Bombeiros, levada em estado grave a UPA de Ibitinga, e em seguida transferida para Araraquara.

Nota oficial da Gota de Leite diz que a menina deu entrada na madrugada desta segunda-feira (05), todos os procedimentos médicos foram realizados, mas infelizmente Geovana não resistiu. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

O pintor, que avisou a mãe do ocorrido, se apresentou e prestou depoimento ao delegado Vinicius Murijo Melatto, de Ibitinga, informou que estava na Vila Simão assistindo a um jogo de futebol quando recebeu a ligação da filha para ir até a igreja.

No meio do caminho parou na casa em construção para verificar se a filha estaria ali brincando e viu um homem sair correndo. Em seguida, entrou e encontrou Geovana ferida e abusada sexualmente.

No Boletim de Ocorrência, o pintor negou o crime e entregou aos policiais as roupas que usou no dia. Durante o registro, houve uma aglomeração de pessoas em frente à delegacia todos revoltados com o caso.

Na confusão, uma das vidraças foi quebrada com uma pedra. O suspeito foi ouvido e liberado. O inquérito vai apurar o homicídio e também o crime de estupro de vulnerável.

 

Pesquise no Site

Publicidade